Dando continuidade às duas Oficinas do Olhar já ministradas na GerAção Poa, Thais Leite ofereceu, no dia 27 de julho, a Oficina de Aquarela para o grupo de papéis e cartões da GPoa. O objetivo era continuar trabalhando com as cores e explorar a criatividade e a construção de composições. O trabalho constituiu-se de duas etapas: o fazer e o analisar.

Em um primeiro momento, foi apresentada a aquarela aos oficinandos. Após, alguns papéis foram testados, com o intuito de explorar as manchas, assim como as variações de aguardas e, a partir delas, deveriam ser encontradas imagens. Cada participante desenvolveu de um a quatro trabalhos de acordo com a disposição e o tempo de criação de cada um. Ao longo da oficina foram abordados assuntos que refletiam na representação.

No segundo período a proposta era analisar em grupo dos trabalhos realizados. Buscou-se chamar a atenção para que o grupo olhasse os aspectos detalhados do comportamento das manchas e dos seus efeitos, das combinações de cores como um elemento compositivo, bem como a ocupação do espaço do suporte.

Desenvolvendo a criatividade dos participantes, além do crescimento pessoal, os produtos produzidos por eles também ganharão maior qualidade estética. Desta forma devem conquistar um número maior de consumidores preocupados com a questão social e ecológica, mas que não abrem mão de adquirir um produto belo.

Em um próximo encontro, serão trabalhadas a produção de tintas naturais e a visita a uma exposição.

Anúncios