Resumo: Esta singela cartilha é resultado de um grande esforço coletivo por uma rede de comunicação mais democrática. Surge como uma proposta justamente no ano em que a I Conferência Nacional de Comunicação eclode com o tema “Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital”. Sugere uma alternativa ao profissional do jornalismo. Propõe uma aproximação entre o ensino das faculdades de comunicação e uma atividade mais liberta, distinta da realizada no âmbito empresarial. Indica uma estratégia de organização para as rádios comunitárias, alertando comunicadores e comunidades para a importância e responsabilidade destes veículos. Aproxima teoria e prática, tentando, assim, alimentar a formação de uma rede comprometida com os anseios populares. Um modesto ferramental em auxílio a uma comunicação social mais ética, livre e consciente do seu papel junto às comunidades onde se insere.

O material foi organizado pela professora de jornalismo da UFRGS, Ilza Girardi, e pelo também jornalista Rodrigo Jacobus. A cartilha está licenciada em Creative Commons, para livre reprodução.

Clique na imagem para acessar o pdf