De setembro a dezembro, ocorre na UFRGS o I Ciclo de debates-oficinas: A questão agrária no Brasil. O evento objetiva discutir a situação dos acontecimentos que envolvem o tema, com enfoque nas disputas pela terra, na reforma agrária e no desenvolvimento rural.

Os encontros serão mensais, com inscrições realizadas a cada nova atividade. O primeiro debate-oficina ocorre no dia 4 de setembro, das 18 às 21 horas, no auditório da Faculdade de Economia (Av. João Pessoa, 52 – Campus Centro). O tema da discussão é A luta pela terra no Brasil, que será apresentado por Paulo Zarth, especialista em educação, história agrária e de povos camponeses.

Nesta atividade, o professor traz à tona a invisibilidade das lutas sociais no campo e conflitos, além de abordar temas clássicos das lutas camponesas com foco nos conflitos que fazem parte da história, mas que não alcançaram repercussão na historiografia e atingiram a maioria dos lavradores ao longo do tempo. Os casos do sul do Brasil e comparações com outras regiões. Concepções de agricultura, de tecnologia e de políticas públicas de desenvolvimento também serão trabalhadas no encontro.

Ao longo das oficinas, serão debatidos os seguintes temas: luta pela terra, legislação fundiária, estatuto da terra, sócio-biodiversidade, estrutura fundiária, organizações sociais no campo, desenvolvimento rural, economia solidária, agroecologia.

O evento é uma realização do Grupo de Apoio à Reforma Agrária (Garra), do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural, dos Viveiros Comunitários e Uvaia, do Núcleo de Economia Alternativa (NEA) e conta com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Inscrições gratuitas e informações pelo e-mail grupodeapoioareformaagraria@gmail.com. Serão fornecidos certificados de participação.